É Obama meu povo!


Para aqueles que não são negros, nem tem parentes q sejam, ou ainda os q nunca presenciaram uma cena de racismo, ou apenas são indiferente à causa, jamais sentirão o que estou sentindo agora... (sugiro assistir Mississipi em chamas)


É uma mistura de ansiedade, realização, orgulho e satisfação. Estou extasiada, perplexa, admirada... não posso acreditar que estarei nos EUA no 1º ano de governo do 1º presidente negro da história do USA. A melhor parte é que ele não é meramente um presidente  de um país qq, mas "O homem mais importante do mundo". 

Acompanhei com sofreguidão a campanha eleitoral desde as prévias e eis q chegou ao Happy End.  Ao mundo uma lição a muito ensinada pelo Mestre Martin Luther King "Julgar os outros pelo caráter, pela competência e jamais pela cor da pele". Ao Brasil a lição de que se os políticos negros querem realmente chegar onde Obama está, tem que sair do discurso separatista em que só incluem os ideáis negros em seus programas de governo e passar a governar para todos.

Se vai ser bom ou não pro Brasil, eu não sei, não espero dele nada de diferente de qq outro presidente americano em relação ao nosso país, afinal ele é americano e pronto. Mas o gostinho de vitória existe e ahhhh é muito bom!  

Quero muito tá lá no dia da posse. Já pensou? Será um sonho... Bjos a todas

5 comments:

Nani said...

É isso ai, May, tem q se orgulhar mesmo.

Mas vamos ter fé (sempre, é o q nos resta né?) em alguma mudança no mundo...

presenciar isso: nao tem preço!!

*.* Isa *.* said...

Pois é, espero que essa tal revolução realmente aconteça. R fiquei bem feliz pelo Obama ter ganho. =D

Bjs

Hane said...

bate aqui!!! \o

eu sou preta e a familia do meu pai toda eh! tbm torci por ele. pena q nao vou estar no dia da posse, mas no dia em q eu pisar em chicago, quero tirar uma foto em frente a ex casa dos Obama!! :)

bjaooooooo

Bia said...

It´s a big thing!!!
Eu sempre ouvi que americanos são extremamenmte racistas, e só o fato do Obama ter sido eleito me deixa mais segura, da a impreção que eu vou encontrar um povo que aceita e lida bem melhor com questões racias.


bjoe
ótimo post.

Luana said...

Aêee May,
To contigo e não abro. Não sou negra, mas sei que tenho meu pezinho na Africa, e quem não tem? Acho que devemos nos orgulhar de quem somos como pessoas, independente de raça, cor, religião... o mais importante é o respeito ao próximo e a si msm.
Ahh, qto a sua CNH, nao grila, toma maracujina and just relax!!
Da um abraço em Salvador pra mim.
Saudade da minha terrinha gostosa. Boa sorte!!